Elevadores Brasil
27/03/2019 - Releases

Segurança em elevador: saiba como agir em caso de passageiro preso

Vamos supor que você está saindo de casa para ir trabalhar e o elevador do condomínio onde você mora para de repente. Você está sozinho e nunca esteve numa situação como essa antes. Qual é a melhor atitude a tomar?

A maioria das pessoas não sabe e não tem obrigação de saber. Mas, o desconhecimento sobre como o elevador funciona pode levar as pessoas a tomarem decisões erradas, colocando em risco a sua segurança.

“É comum os usuários ficarem assustados, acharem que vai faltar ar na cabina, mas não há motivos para pânico. O elevador é um dos transportes mais seguros do mundo e não representa nenhum perigo para quem o utiliza. O equipamento é projetado para deixar o passageiro retido e em segurança”, afirma Carlos Alberto Antunes, Diretor de Saúde Ocupacional e Segurança do Trabalho da thyssenkrupp Elevadores para o Brasil e América Latina. Com mais de 25 anos de experiência, o engenheiro vai proferir palestra sobre segurança preventiva em transporte vertical amanhã, dia 28, em Maceió, para os militares do Corpo de Bombeiros.

A orientação mais importante para a pessoa presa no elevador é não tentar sair sozinha ou aceitar a ajuda de pessoas não habilitadas. As estatísticas comprovam que a maior incidência de acidentes com elevador está relacionada a atitudes incorretas no resgate de passageiros ou na precipitação do usuário em forçar a saída sem o auxílio de pessoal especializado.

De acordo com a Norma Técnica da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas, NBR 16803/2012, o resgate de pessoas presas no elevador só pode ser feito por técnicos habilitados ou pelo Corpo de Bombeiros. Ou seja, zeladores, porteiros ou outras pessoas que trabalham no condomínio não estão autorizadas a mexer no elevador, muito menos quando há passageiros retidos. Isso é importante saber, pois se houver algum procedimento errado, o síndico poderá ser responsabilizado criminalmente, pois é ele que responde legalmente pelo condomínio. “Como o elevador continua ligado na energia, caso ele volte a funcionar, como no caso de falta de energia, a pessoa corre risco de acidente grave”, alerta Antunes. Também não há risco de falta de ar na cabina porque ela possui aberturas de ventilação que garantem a renovação do ar. Além disso, a estrutura é feita de painéis metálicos de aço carbono ou inoxidável, materiais que não propagam fogo.

Outro equivoco é afirmar que o elevador “despencou” ou “caiu”, como muita gente pensa. O sistema possui diversas redundâncias justamente para atuar e evitar um deslizamento da cabina. “A segurança é garantida por vários dispositivos, como o regulador de velocidade, que aciona o freio caso o elevador exceda o limite de peso permitido e o freio de segurança que, em casos extremos, para o elevador, garantindo a segurança do usuário e evitando danos ao equipamento”, explica o Diretor da thyssenkrupp.


Dicas de segurança em caso de passageiro preso no elevador:

1) Mantenha a calma;
2) Peça ajuda pelo alarme ou interfone, para que a empresa de manutenção seja chamada para efetuar o resgate;
3) Identifique em qual piso o elevador está parado;
4) Não tente sair sozinho do elevador. O equipamento pode voltar a funcionar no momento em que você estiver saindo;
5) Evite encostar ou apoiar nas portas do elevador e não tente forçar a abertura da porta;
6) Em situações graves, fora de controle, acione o Corpo de Bombeiros.

Sobre a thyssenkrupp Elevadores

A área de negócios Elevator Technology da thyssenkrupp para o Brasil é uma das maiores fabricantes de tecnologias de elevação no País. O parque fabril e a matriz estão instalados em Guaíba, Rio Grande do Sul. A empresa emprega cerca de 4.000 funcionários e alcançou uma receita de mais de 1,3 bilhão de reais (ano fiscal 2017/2018). A fábrica atende o mercado nacional e também exporta para a América Latina. No Brasil, são 67 filiais e postos de serviços localizados em diferentes capitais e cidades brasileiras, garantindo cobertura nacional na manutenção de elevadores, escadas e esteiras rolantes.

Atendimento à Imprensa:
thyssenkrupp Elevadores
Rouxinol Assessoria em Comunicação
Isabel Silvares e Angela Lereno
Fone: (11) 3075.2757/97203.8006
e-mail: rouxinol@rouxinolcomunicacao.com.br
 

Downloads

Faça o download deste press release e seus materiais.