Elevadores Brasil
24/07/2018 - Releases

Quebre o silêncio! Converse com alguém no elevador

• Pesquisa revela que dois terços das pessoas não falam no elevador, apesar do número de viagens realizadas todos os dias no mundo

As pessoas não têm o hábito de conversar no elevador. É o que demonstra uma pesquisa recente que constatou que, apesar do registro de 7 bilhões de viagens diárias em elevadores em todo o mundo, mais de dois terços das pessoas (66%) não falam uma palavra durante o sobe e desce.

Foi pensando nesta realidade que foi criado o dia mundial da “Conversa no elevador”, que este ano acontece na próxima sexta-feira, dia 27 de julho. A ideia é incentivar as pessoas a quebrarem paradigmas e puxar uma conversa com quem estiver no elevador.

A pesquisa é uma iniciativa da thyssenkrupp Elevadores, líder em soluções de mobilidade, em parceria com o YouGov, empresa líder de pesquisas de mercado baseada na internet, e apontou dados curiosos.

O levantamento concluiu, por exemplo, que negligenciamos o papel dos elevadores na nossa vida diária, apesar de precisarmos deles para realizar inúmeras tarefas. Também identificou um aspecto interessante do comportamento humano, que apesar de naturalmente sociável, muda quando as portas do elevador se fecham.

Segundo os dados da pesquisam, 13% dos entrevistados disseram que não falam no elevador porque não gostam de conversar com pessoas que não conhecem, e 17% admitiram que evitam entrar no elevador onde está alguém de quem não gostam.

A pesquisa também revelou que a cantora Beyoncé é favorita na lista de pessoas com quem os entrevistados gostariam de ficar presos no elevador. Já os políticos encabeçam a lista dos menos favoritos, sendo que a disputa ficou mais acirrada entre Donald Trump, presidente dos EUA, e Kim Jong-Un, líder da Coreia do Norte, com 40% e 23%, respectivamente.

Há, naturalmente, algumas situações irritantes quando precisamos usar o elevador, como pessoas que seguram as portas enquanto conversam e quando a viagem vai parando em vários andares. Mas, a lista não para por aí. A disponibilidade do elevador é outro item mencionado na pesquisa. Para 28% dos que responderam à pesquisa é motivo de irritação não ter um elevador em prédios com mais de dois andares - um sentimento mais forte entre aqueles com mais de 55 anos de idade (34%).

 

Downloads

Faça o download deste press release e seus materiais.